12.4.12

rescova picices

«Não posso reagir, porque ainda não existe um partido político com o nome de CASA, e não tenho por hábito falar de questões que oficialmente não existem» (Semanário angolense, 7-4-2012, p. 15)

É de homem, sim senhor! Que, porém, não é político, portanto não devia chefiar uma organização partidária, porque não se compreende nem se aceita que um líder político ignore um facto político - tanto mais que é um facto politicamente importante. 


Não dar por essa importância, não reparar na necessidade política de reagir, e reduzir-se apenas às questões que existam "oficialmente" é mostrar a inadequação da pessoa em causa ao cargo que ocupa.  




No comments:

Post a Comment